quinta-feira, 4 de outubro de 2012

DOGGYMÁTICO



Um doggymático bateu à porta de um senhor e disse:
- Aí, truta, tem um projeto aqui mil grau que vai te tirar dessa ilusão aí, tiozão!
O senhor estranhou o andamento da abordagem e perguntou:
- Oxe, minino, tu é de onde, hein? D'onde tu vem qu'esse projeto aí pa me convertê?
O doggymático respondeu:
- De coqueiro Seco, mano.
O senhor pegou o pandeiro e bateu:
- O coco é do coqueiro / vem da arte, é artilheiro / tem um som e tem um cheiro / sincopado de lavanda / Se São Paulo é padroeiro / dê a volta bem ligeiro / que aqui é o coqueiro que no seco anda

O doggymático pôs o rabo entre as pernas e foice, quer dizer, foi-se!

Nenhum comentário:

Postar um comentário