segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

PELO SPORT TUDO!


Estava para publicar este texto desde que o campeonato brasileiro de futebol findou. Então aí vai.
Fechamos o calendário futebolístico de 2009 com uma grande polêmica, o título do Flamengo. Não a conquista do título em si, que por sinal foi merecidíssimo, um time que entra no segundo turno do campeonato em décimo quarto e termina campeão na última rodada é uma conquista mais que louvável. A polêmica se apresenta no número de títulos que o Flamengo diz já ter conquistado, seis. Flamengo hexa? Não, não! Flamengo penta. O campeonato de 2009 é a quinta conquista do clube.
Falo como torcedor do Sport Club Recife, pois o campeonato de 1987 é nosso! Havia dois módulos naquele ano sendo disputados, a regra dizia que o campeão brasileiro seria quem ganhasse o quadrangular final, um cruzamento dos campeão e vice-campeão do módulo verde (Flamengo e Internacional, respectivamente) contra os campeão e vice-campeão do módulo amarelo (Sport e Guarani, respectivamente).
O que aconteceu? Flamengo e Internacional não aceitaram fazer o cruzamento dos módulos, auto declarando-se campeão e vice do brasileiro daquele ano. Questões que envolviam patrocinadores e transmissão dos jogos fizeram com que esses clubes decretassem o fim do campeonato e se declarassem campeão e vice. Mas a CBF, órgão que regulamenta o futebol brasileiro, reconhece o título do Sport Club Recife. Quer mais? A FIFA, órgão que regulamenta o futebol mundial, reconhece o título do Sport também.


Triste, além dessas falsas declarações sobre o hexa flamenguista, foi o rebaixamento do Sport para a segunda divisão do campeonato brasileiro do ano que vem, mas tudo bem, para voltar à primeira é rapidinho. Só não abro mão do título brasileiro da primeira divisão de 1987.
Muitos devem estar se perguntando: "Mas o Vitor não é alagoano? Que canta Alagoas em suas músicas?" É, sou alagoano de nascença, mas sou pernambucano de criação. Toda minha família é de lá, nasci aqui mas logo fui levado para o território pernambucano, voltei para minha terra de nascimento já adulto. Por isso me considero um alabucano.
É... mas eu sei que faz muito mais sentido um alagoano que foi criado em Pernambuco torcer pelo Sport (desde pequenininho) do que um alagoano que nunca nem foi ao Rio de Janeiro torcer pelo Flamengo. Não que eu me preocupe com questões de fronteiras territoriais, somos Brasil, mas que faz muito mais sentido faz!

Assistam a esse videozinho postado em seguida. Pelo menos uma vez a grande mídia reconheceu o título do Sport Club Recife.

4 comentários:

  1. Saí daí Alma-Sebosa!
    Vai levar pau da "traje de galo".
    Tu é ou não é CRB?

    ResponderExcluir
  2. Ô guri... Em Alagoas Sou Clube de Regatas Brasil sim! Mas eu vim torcer pelo CRB quando voltei pra minha terra de nascença, como escrevi aí no texto, já adulto, através do meu parceiro Tainan que me levou ao estádio e me contou a História do clube. Mas pelo Sport eu torço desde moleque, brother! É o time do meu coração!

    ResponderExcluir
  3. È sempre fui puto com essa historia dos flaMerdas ae .. kk, ganhando um titulo a mais no "grito", todo mundo sabe dessa historia, o clube dos 13 quem organizou a competição e a regra da copa união que foi o camp. de 87 era dessa forma e todos os dirigente assinaram aceitando o regulamento, no fim viraram a mesa e decidiram não enfrentar o sport e o guarani, vergonhoso, mais se tratando de Brasil .. tudo é possivel, a cartolagem acaba com a simples diversão q é o futebol !

    ResponderExcluir